«A Maior Flor do Mundo» no Sul

«A Maior Flor do Mundo» rumou ontem ao Sul, mais concretamente à Escola Básica Integrada de Boliqueime (Biblioteca Escolar Lídia Jorge), onde se realizaram mais duas sessões do atelier itinerante que a Fundação José Saramago está a levar a escolas e bibliotecas de todo o país.
Corresponderam ao nosso desafio duas turmas (uma do 2.º Ciclo e uma do 1.º ciclo) que, tal como já tinha acontecido em Corroios e Coimbra, ouviram atentamente o conto e sugeriram títulos que nasceram da sua visão da história, confirmando a multiplicidade de sentidos que o texto de José Saramago permite. Seguiu-se a projecção do filme e a confirmação do fascínio que as imagens e os sons exercem sobre quem a ele assiste, miúdos e graúdos, alertados pelas interrogações que encerram o livro: «E se as histórias para crianças passassem a ser de leitura obrigatória para os adultos? Seriam eles capazes de aprender realmente o que há tanto tempo têm andado a ensinar?»
No final, os alunos responderam afirmativamente ao desafio que o autor lança no texto, estando já prevista uma exposição dos trabalhos na escola durante a Semana da Leitura, de que aqui daremos conta nos próximos dias.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: